APOIO À LAVA JATO E AO PROJETO DAS 10 MEDIDAS CONTRA A CORRUPÇÃO

O deputado Eduardo Cury (PSDB) é um dos principais apoiadores dentro do Congresso Nacional do projeto de iniciativa popular que previa a adoção de 10 Medidas contra a Corrupção. Cury foi um dos únicos deputados que a votou a favor de todas as 10 medidas, sem exceção.

O deputado também acompanhou por diversas vezes o procurador Deltan Dallagnol, coordenador da Força Tarefa da LavaJato, e outros procuradores, durante a tramitação das propostas nas comissões da Casa.

“Os procuradores da LavaJato e a Polícia Federal têm feito um excelente trabalho de passar o Brasil a limpo. Como parlamentar, me sinto na obrigação a apoiar medidas que visem a combater a corrupção. Algumas medidas eram discutíveis do ponto de vista de sua aplicabilidade, mas me sentir no dever de votar favoravelmente a todas”, analisa o deputado Eduardo Cury.

Entre as medidas estão a Criminalização do enriquecimento ilícito de agentes públicos, aumento das penas e crime hediondo para a corrupção de altos valores, celeridade nas ações de improbidade administrativa, responsabilização dos partidos políticos e criminalização do caixa 2, prisão preventiva para assegurar a devolução do dinheiro desviado e recuperação do lucro derivado do crime.

DEVOLUÇÃO – No início de dezembro, a LavaJato devolveu à Petrobras R$ 654 milhões recuperados por acordos de colaboração premiada e acordos de leniência com empresas que admitiram participar de esquemas de corrupção.

Somando-se ao que foi devolvido nos últimos dois anos, a Petrobras já recuperou cerca de R$ 1,5 bilhão desde o início das investigações.